sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Aline Poli e Silvio Alvarez realizam oficina Quem eu quero ser? para idosos do Lar Joanópolis.




No dia 31 de janeiro de 2019 realizamos mais uma oficina para os idosos do Lar Joanópolis com o apoio dos funcionários. As oficinas no Lar fazem parte de um projeto voluntário, realizado em parceria com a fisioterapeuta Aline Poli, desde 2012.

Dessa vez a oficina foi de colagem com o tema: Quem eu quero ser. Contamos com o apoio do Rodiney de Jesus, aprendiz do Ateliê Silvio Alvarez. 



Abri a oficina dizendo que somos únicos, especiais, que jamais haverá alguém igual a nós na História da Humanidade. Prossegui dizendo: “hoje quero que vocês pensem de si mesmos... Se eu não fosse quem sou quem ou o quê eu gostaria de ser?” Eu subi no banco do refeitório, abri os braços como se fosse voar e disse que gostaria de ser o Super-homem.



Levei, separadas em bandejinhas de isopor, imagens simbólicas comuns nas escolhas em oficinas anteriores e introduzi novas figuras de simbologia não habitual nesse público específico. Com o comando de sempre, “procure nas bandejas, algo que você mais gosta”, cada idoso escolheu apenas uma imagem.



Por já estarem habituados com as atividades e com a minha presença, mais uma vez o resultado foi satisfatório e surpreendente. 






Contato Silvio Alvarez

silvioalvarez@uol.com.br
11 971199050

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Aline Poli e Silvio Alvarez realizam oficina A minha estrela para idosos do Lar Joanópolis.




No dia 26 de dezembro de 2018 realizamos mais uma oficina para os idosos do Lar Joanópolis com o apoio dos funcionários. As oficinas no Lar fazem parte de um projeto voluntário, realizado em parceria com a fisioterapeuta Aline Poli, desde 2012.



Dessa vez a oficina foi de colagem com o tema: A minha estrela. Contamos com o apoio de Geiza, professora de educação física, e de Leonardo Giovane e Rodiney de Jesus, aprendizes do Ateliê Silvio Alvarez. 

Colamos nas paredes do espaço estrelas de papel metalizado brilhante na cor verde  e iniciei a atividade falando aos idosos que cada um de nós possui uma luz interior que nos dá a vida e nos a capacidade para trilhar todo o nosso caminho.



Pedi que cada idoso escolhesse uma das estrelas afixadas nas paredes como se fosse capturar a sua estrela no céu. 

Levei, separadas em bandejinhas de isopor, imagens simbólicas comuns nas escolhas em oficinas anteriores, com o comando de sempre “procure nas bandejas algo que você mais gosta”. Cada idoso escolhe apenas uma imagem, a não ser que demonstre a necessidade de escolher mais de uma.




Por já estarem habituados com as atividades, mais uma vez o resultado foi satisfatório e surpreendente. 


Contato Silvio Alvarez

silvioalvarez@uol.com.br
11 971199050
www.silvioalvarez.com.br