domingo, 28 de junho de 2020

Mércia Besseler, professora de Artes do Instituto de Olho no Futuro propõe aos alunos trabalhos de FotoCollage




Hoje trago ao blog o trabalho de uma querida aluna do meu curso presencial de Collage, a Mércia Besseler.  Mércia é professora de artes do Instituto de Olho no Futuro, no bairro do Jardim Peri, em São Paulo, e estudante de pós-graduação em Arteterapia. 

A professora é daquelas que brilha os olhinhos e faz brilhar, que ama extremante o que faz e não mede esforços para criar e pesquisar quando o objetivo é envolver a criançada com o ensino da Arte. Foram dois trabalhos de collage que ela propôs à turma do terceiro ano.  

No primeiro, apresentou à turma a obra de Pablo Picasso, Henri Matisse e Athos Bulcão. Pela dificuldade de conseguir revistas, levou e ofereceu aos alunos uma gama de imagens de seu próprio arquivo, coletadas em revistas. Trabalhando o conceito de reaproveitamento, propôs a produção de colagem com texturas de fundo e imagem central sobre base de papel cartão 15x15 cm.




Na segunda oportunidade, disponibilizou alguns brinquedos e propôs às crianças a divertida atividade da FotoCollage. 

 

Criei o conceito da FotoCollage quando do surgimento do Instagram. Busco imagens em revistas que, coladas em papel cartão grosso, recortadas e ambientadas nos locais mais inusitados são fotografadas. 

Algumas de minhas FotoCollages:




Inspiradas nas minhas FotoCollages os alunos da professora Mércia produziram suas próprias criações que foram fotografadas com o celular. 

 

 

Instituto De Olho no Futuro http://www.deolhonofuturo.org.br/home.php 
Contato com Silvio Alvarez
Instagram @silvioalvarezcollage

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Alunos ds EMEF Vinícius de Moraes - Professora Camila Shunyata produzem colagens com o tema resignificação de materiais.




A professora Camila Shunyata conheceu o meu trabalho quando cursou a pós-graduação em Mitologia Criativa na UNIP – Campus Paraíso, curso coordenado por Patrícia Pinna Bernardo. 
Baseada em minha aula da pós, Camila propôs uma atividade aos seus alunos do 3° ano do Fundamental II da EMEF Vinícius de Moraes, em São Paulo. 

Para o estímulo, foram apresentados diversos exemplos onde a arte trabalha a resignificação de materiais, além disso os alunos conheceram um pouco sobre a minha história. 




O resultado foi muito bom. Parabéns Camila, gratidão pelo carinho de sua lembrança e confiança. 








Contato Silvio Alvarez

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Artista plástico Silvio Alvarez realiza oficinas de ilustração em colagem para a I Feira Literária da Escola Educativa de Itatiba




De 7 a 9 de outubro de 2019 realizei oficinas de collage para os alunos da Escola Educativa de Itatiba – SP, do G2 ao 5° ano do ensino fundamental. Os alunos dos 1°s, 4°s e 5° anos conheceram a História da Collage, aprenderam o básico da técnica e produziram as ilustrações para o livro que seria lançado na I Feira Literária da escola, que ocorreu no dia 24 de novembro. Os demais alunos participaram de oficinas para a produção de um marcador de livro.






Para os professores, realizei oficina contando minha trajetória, a História da Collage, História da Collage na Arte Educação e também foi proposta a produção de um quadro com o básico da técnica, para que esta pudesse continuar a ser empregada em sala de aula. 



Os alunos dos primeiros anos conheceram e produziram ilustrações com a técnica das silhouettes. A partir do século XVI, na Europa, desenvolveu-se a prática do recorte de papel, a princípio branco. O nome silhouette ou silhueta é derivado do nome de Étienne de Silhouette, ministo das finanças de Luís XV, que tinha como hobby desenhar a fisionomia dos seus amigos e convidados a partir da sombra projetada em tela de pergaminho.  As silhouettes, recortadas em papel cartão preto, tornaram-se extramente populares e ainda hoje são produzidas por artistas de diversas partes do mundo. 






Os alunos dos quartos anos conheceram e produziram ilustrações com a técnica do desenho com a tesoura desenvolvida pelo pintor francês Henri Matisse. O Mestre da Cor, como era chamado, em 1941, aos 71 anos, passando pelo momento mais difícil de sua vida, descobre a collage. Não podendo mais ficar de pé para pintar, Matisse pedia aos seus assistentes que pintassem grandes folhas de papel com guache e, com sua tesoura, criou um mundo fascinante de emoções coloridas.







Os alunos do quinto ano conheceram e produziram ilustrações com a técnica da collage, mesclando os conceitos de autorretrato e caricatura. Principalmente a partir da Renascença Italiana, artistas passaram a reproduzir a própria imagem para demonstrar seu talento e serem lembrados para sempre. 
Entre os artistas que mais pintaram autorretratos podemos citar: Rembrandt, Vincent van Gogh e Frida kahlo, entre outros. Já a caricatura, desenho de personagem ressaltando e exagerando características marcantes de forma humorística, surgiu no século XVII e até hoje é empregada para retratar figuras públicas. 



No dia 24 de novembro retornei à Escola Educativa para participar da I Feira Literária, interagindo com alunos e pais e expondo meus trabalhos.





Agradeço com muito carinho à Família Educativa pela confiança, apoio e pela oportunidade de colocar em prática desse projeto pioneiro.

Contato com Silvio Alvarez
silvioalvarez@gmail.com.br
(11) 971199050
www.silvioalvarez.com.br

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Artista plástico Silvio Alvarez ministra palestra no I Congresso Paulista de Arteterapia, evento da Associação dos Arteterapeutas do Estado de São Paulo



Palestra Collage, esta técnica tem história



No dia 15 de novembro de 2019 ministrei palestra e realizei vivência no I Congresso Paulista de Arteterapia, evento da Associação dos Arteterapeutas do Estado de São Paulo.  A palestra, com o tema Collage - esta técnica tem história, apresentou aos profissionais de Arteterapia o resultado de dois anos de uma pesquisa iniciada a partir da leitura de A collage como trajetória amorosa, de Fernando Fuão. 


Tive a grande honra de ser convidado também a produzir a logomarca do congresso


Desde 2008, sou professor da pós-graduação em Arteterapia da UNIP, em São Paulo, curso coordenado por Patrícia Pinna Bernardo. A participação no I Congresso Paulista de Arteterapia vem reafirmar o elo da minha carreira com a disciplina Arteterapia e com a categoria profissional dos arteterapeutas. Sou um artista plástico que vivenciou intuitivamente a experiência arteterapêutica e que tem como uma de suas missões de vida divulgar os benefícios da Arteterapia. 



No evento, apresentei toda a abrangência da técnica da collage, incluindo a simbologia do papel, tesoura e cola, teatro de sombras, as silhouettes, fotografias compostas, fotomontagem, cubismo, dadaísmo, surrealismo, pop art e a collage em outras correntes artísticas.



Na sequência da palestra mostrei os quadros que produzi com o tema árvore, durante toda a minha carreira, li um texto sobre árvores de autoria de Fernando Fuão e propus que cada participante produzisse sua árvore pessoal em collage sobre base de papel cartão. 



Quero agradecer o convite da Associação dos Arteterapeutas do Estado de São Paulo. Foi uma grande honra participar do evento e poder sentir bem de perto todo o carinho de vocês. Este foi o momento mais importante de minha carreira até aqui! Gratidão! 




Contato com Silvio Alvarez 

11 971199050