sábado, 23 de janeiro de 2016

Colagem – quadro de Silvio Alvarez, A Casa do Mickey, traz a mensagem do consumo consciente para a garotada #silvioalvarez #colagem #collage #consumo #consumoconsciente #arteeducação #art #arte #educação #consumismo



Quadro de collage A casa do Mickey - Silvio Alvarez - 2016


Quando realizo minhas oficinas do projeto Artistas do Futuro nas escolas públicas do Estado de São Paulo, além de focar o ensino da arte e a conscientização ambiental por intermédio do estímulo à reciclagem, brinco com a criançada tentando também mostrar que criança tem de ser criança.


Esta é a Casa do Mickey Mouse original 

A meu ver as crianças estão ficando adultas antes do tempo. Muitas delas demonstram em minhas oficinas uma dificuldade muito grande para se sujar em uma brincadeira, por exemplo.  Criança precisa se sujar, não dá para ser criança como se estivesse aprisionada em uma cúpula de vidro.  



Da mesma forma, penso que os doces, sanduíches, refrigerantes e sorvetes fazem parte do universo infantil, sempre fizeram, e não vejo nenhum problema nisso, desde que dentro de um limite consciente, lógico. Podemos tomar refrigerante, desde que fique bem claro que o mais saudável é a água e o suco natural. Podemos comer um belo sanduíche de vez em quando, se ficar bem claro que são as verduras, os legumes, o arroz e o feijão que vão fazer a gente crescer bem forte, saudável e viver muito mais. A criança sempre compreende quando dizemos claramente o que é melhor para ela.

O problema é que o consumo está tão desenfreado que a criança se sente excluída na escola se não conseguir levar para a sala uma mochila do “Minions” ou se não tiver um celular. As crianças estão consumindo apenas repetindo o que presenciam a sua volta. 



Estão passando para as crianças todo um conceito do “politicamente correto”, impedindo que as crianças vivam as melhores coisas da infância, quando, na prática, no cotidiano das grandes cidades, na mídia, elas presenciam exatamente o contrário. O resultado é uma baita confusão na cabeça da garotada.



Tudo pode se resolver com um bom papo no dia-a-dia com as crianças, em casa e na escola. Além de darmos o exemplo, claro. Não podemos falar de consumo consciente com a criançada se, na frente delas, compramos qualquer coisa sem critério. 



O quadro A casa do Mickey fala justamente de tudo isso. Estão utilizando os elementos lúdicos do universo infantil para vender produtos sem fim. As empresas precisam ter limites em suas estratégias e têm a obrigação de auxiliar os pais e o poder público nessa importante tarefa social. 

Deixo bem claro que eu adoro o Mickey e tudo o que vem da Disney, o personagem, aqui, é apenas um símbolo do que quero dizer. 

Fotos das oficinas: Secretaria de Educação de Suzano - SP, novembro de 2015 

Contato com Silvio Alvarez
www.silvioalvarez.com.br 
silvioalvarez@uol.com.br 

2 comentários:

  1. parabens silvio, estou adorando seu blog e os seus projetos

    ResponderExcluir
  2. parabens silvio, estou adorando seu blog e os seus projetos

    ResponderExcluir